A loja do grupo Assaí, localizada no Mogilar, foi fechada hoje por fiscais da Prefeitura e deverá permanecer interditada por 48 horas, como prevê a Lei Municipal 7.659, de 5 de março de 2021. A unidade também deverá ser multada em R$ 3,7 mil, como prevê a norma municipal que visa prevenir a Covid-19.

Pela manhã, fiscais da prefeiutura já haviam interrompido uma missa na Catedral por suspeitas de aglomeração

A ocorrência no mercado foi registrada no fim da tarde desta quinta-feira (01). As equipes de fiscalização, com apoio da Guarda Municipal, segundo a Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura, foram acionadas por meio de denúncia à Ciemp (Central Integrada de Emergências Públicas) pelo telefone 153.

A véspera do feriado levou, de fato, muitas pessoas aos supermercados e lojas que são considerados serviços essenciais. Porém, o acesso a esses locais deve obedecer regras, como a permanência de apenas uma pessoa por família. O ordenamento no cumprimento dessa restrição é de responsabilidade do estabelecimento.

Quando chegaram ao local, afirma a Prefeitura, as equipes constataram o desrespeito às normas de restrição determinadas pela Fase Crítica: o estabelecimento estava permitindo aglomeração. Havia mais de um integrante da mesma família (algumas com até quatro parentes) .

O Diário buscará um posicionamento do supermercado.

Nesta sexta, no feriado de Páscoa, a prefeitura deverá intensificar ainda mais a fiscalização por causa da pandemia.

(Matéria em atualização)